Últimas

23 de janeiro de 2017

Preserve sua audição limpando corretamente os ouvidos


Se você faz parte do grupo que acredita que os cotonetes foram criados para limpar dentro do ouvido e os usa para esse fim, saiba que está cometendo um grande erro. Essa prática pode te levar a problemas sérios incluindo a vertigem e a perda da audição. 
Aprenda a fazer corretamente a higiene e a preservar sua saúde auditiva.

Um mito que se deve esquecer é quanto a limpeza interna do ouvido ou a retirada do excesso de cerúmen, uma cera produzida pelo organismo que tem entre outras funções a de impedir que materiais estranhos, sujeiras, cosméticos (como creme de barbear, por exemplo) e até insetos penetrem na parte mais profunda do canal auditivo. Isso porque o ouvido tem seu próprio sistema de auto limpeza. 

Quando você observar a quantidade de cera saindo pelo ouvido após o banho não significa que ele esteja entupido ou repleto de sujeira e necessite de ser limpo internamente com a ajuda da famosa haste flexível. Na verdade, a quantidade que fica externamente é justamente a que deve ser eliminada e não a que está interna. Isso porque a pele do canal auditivo cresce de dentro para fora empurrando para o exterior restos de pele, impurezas e o cerúmen velho. Até a mastigação ou o movimento da mandíbula favorecem esse processo natural de limpeza.

Agora, se você usar o cotonete, em vez de retirar esse excesso de cera e sujeira irá empurrá-lo ainda mais para dentro do canal auditivo (veja na ilustração abaixo), o que pode com o tempo ocasionar infecções, inflamações, deslocar ossos e até perfuração do tímpano, que pode te levar a desenvolver vertigem, zumbido e surdez. E não adianta alegar que o usa devido à coceira, que deve ter a sua origem diagnosticada e devidamente tratada por um médico otorrinolaringologista por não ser normal. Ouvido não fica coçando o tempo todo.





Lavagem do ouvido é para poucos



Se você usa aparelho auditivo, sente coceira constantemente, se queixa da sensação de ouvido tapado, produz muito cerúmen ou apresenta qualquer outro sintoma e desconforto, deve procurar o quanto antes o médico para um perfeito diagnóstico, bem como a correta limpeza interna do ouvido que pode ser feita por outros meios e não necessariamente pela popular "lavagem". Cada caso é um caso e só ele pode saber qual é o método mais adequado. É por isso que há alguns anos elas foram proibidas de serem realizadas nas farmácias.

Fazendo ou não parte desse grupo, jamais tente você mesmo ou pedir para alguém remover a cera interna do ouvido, quer introduzindo objetos (como citado anteriormente), quer com poções ou soluções, incluindo as caseiras; e até com a chamada "vela chinesa /indiana de ouvido" (Cone de Hopi), que além de não limparem podem causar danos graves a todo o aparelho auditivo.


Limpe corretamente



A limpeza deve ser feita externamente e apenas aonde você consegue enxergar quando de frente ao espelho e sem a penetração de nada no canal auditivo, por menor que ele seja. 

Para a remoção do excesso de cerúmen que sai do ouvido, basta passar delicadamente a ponta de uma toalha úmida após o banho para retirá-lo. Os cotonetes e outras hastes flexíveis só serão bem-vindas se forem para limpar exclusivamente as dobras da orelha ou aplicar nelas algum medicamento. Do contrário, deixe-as bem guardadas no armário do banheiro à espera de uma afta, acne ou outra ferida que requeira a aplicação de medicação tópica e local. #ficadica



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...