Últimas

17 de janeiro de 2017

Jejum intermitente promete também ganho na produtividade


Não é só para queimar gordura e ganhar massa magra que a moda do jejum intermitente serve, mas também para aumentar a produtividade no trabalho de quem o pratica. Confira os resultados obtidos por uma comunidade de especialistas em tecnologia da Califórnia, Estados Unidos, que foram além da boa forma e da autoestima.

WeFast ("Nós jejuamos", em tradução literal para o português), grupo online criado pela Nootrobox e formado por biohackers - pessoas que argumentam que manipular a biologia do corpo humano pode levar a uma vida mais saudável e satisfatória - que adotaram algum tipo de jejum intermitente. O resultado argumentado por eles foi o aumento da produtividade nos dias em que ficam sem comer, quando relatam ter sensação de maior agilidade mental e capacidade de concentração, além dos já conhecidos como o controle do colesterol, redução da ansiedade, aumento da disposição e até retardamento do envelhecimento.

De acordo com a BBC, o grupo pratica vários tipos de jejum que vão desde a "dieta 5:2", que defende comer normalmente durante cinco dias e ter ingestão mínima nos outros dois; enquanto outros jejuam por 23 horas todos os dias. Mas há os mais radicais que ficam sem comer em intervalos que variam de 36 horas ao período impressionante de 60 horas! É muito tempo de barriga vazia, não?

Apesar de não ser obrigatório na Nootrobox - start-up de São Francisco que fabrica smart drugs, também conhecidas como nootrópicos, que são compostos criados legalmente com o objetivo de melhorar funções cognitivas -, todos os funcionários deixam de se alimentar às terças-feiras. Na manhã de quarta-feira, eles se encontram com outros membros do WeFast, que já são mais de 1,2 mil, para o esperado café da manhã comunitário, que também serve de reunião de apoio onde são trocadas dicas e experiências, que é quando todos os tipos de jejuns praticados chegam ao fim de forma sincronizada.


E como ficam as náuseas e o mal-estar?


De acordo com os praticantes, esses sintomas são sentidos quando a pessoa ainda não está habituada a ficar horas sem se alimentar, mas que com o passar do tempo acaba se habituando de tal forma a não mais querer manter o estilo de vida anterior, isso na maioria dos casos.

Com a frequência da prática de jejuar, o metabolismo acaba se acostumando e se adaptando à nova realidade e a irritabilidade, fraqueza e o desconforto, por exemplo, acabam sendo substituídos por um bem-estar melhor ao que era sentido. 




Jejum não é para todos


Apesar de muito difundida também no meio religioso, esta prática nem sempre é aconselhável principalmente entre gestantes, mulheres que estão amamentando, diabéticos e pessoas com distúrbios de metabolismo.

Quando o organismo já está sob estresse e sem funcionar normalmente, limitar a nutrição pode piorar a situação. Ou seja, quem quiser experimentar o jejum intermitente deve fazê-lo sob acompanhamento médico.


Comprovação científica 


Mas será que essa moda, que começou voltada para perda de peso e agora chega com benefícios também para a área profissional, tem base científica? 

Por enquanto, as evidências sobre o impacto no desempenho no trabalho ainda vêm apenas das experiências de adeptos do jejum intermitente. Mas muitos deles têm relatado se sentirem mais alertas, algo semelhante ao relatado por praticantes de corrida.

Porém, de acordo com a pesquisa da Universidade John Hopkins coordenada por Mark Mattson, professor de neurociência, a causa principal são as mudanças bioquímicas no cérebro. De acordo com Mattson, o estudo sugere que o jejum leva a uma melhora na capacidade cognitiva.

Já Eric Verdin, pesquisador no Instituto Gladstone, em São Francisco, lembra que alguns cientistas acreditam que uma maior sensação de bem-estar é gerada pela queima de gordura acumulada no organismo em vez dos carboidratos contidos nos alimentos - um processo conhecido como cetose.

Quer saber mais a respeito? Clique aqui e acesse a página do WeFast, que traz inclusive tipos de jejuns que os participantes praticam além de dicas para principiantes; e aqui para assistir reportagem em vídeo do SBT sobre os ganhos do jejum intermitente.



Com informações da BBC Brasil, WeFast, SBT e MSN.com



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...