Últimas

14 de junho de 2016

D.O.M. é eleito o 11º melhor restaurante do mundo em 2016


O restaurante do chef Alex Atala é o único brasileiro a aparecer na lista dos 50 melhores do mundo. O evento realizado ontem, 13 de junho, em Nova York viu novamente um europeu "levantar o caneco", mas desta vez com sotaque italiano. Conheça os melhores colocados para visitá-los em suas próximas viagens.

D.O.M., de São Paulo, mais uma vez é condecorado e se consolida como o melhor restaurante do Brasil e o 2º melhor da América do Sul. Eleito o 9º melhor restaurante do mundo e o 4º da América Latina em 2015 - LA's 50 Best, neste ano pegou a 11ª colocação no The World's 50 Best Restaurants, um dos prêmios mais importantes do setor, em noite que apenas 8 restaurantes latino-americanos se destacaram - entre eles o Central, do Peru, que pegou a 4ª colocação -, ficando à frente de outros de peso no continente.

Além do Central, que já tinha sido eleito o melhor da LA's 50 Best, o Peru classificou outros dois de Lima, o Maido (13º), 5º melhor da LA's 2015; e Astrid Y Gastón (30º), 3º melhor da LA's 2015. Já o México empatou com os peruanos cravando 3 restaurantes - Quintonil (12º), 6º melhor da LA's 2015; Pujol (25º), 9º na LA's 2015; e Biko (43ª), 10º melhor da LA's 2015, todos da Cidade do México. 

Fechando a lista dos latinos mais bem colocados, o Boragòde Santiago de Chile e eleito o 2º melhor da LA's 2015, se classificou na 36º posição do Top 50 mundial, muito atrás de seus concorrentes.



Itália brilha 


A noite foi dos italianos, premiados pela 1ª vez, que desbancaram o espanhol vencedor de 2015. O Osteria Francescana, de Massimo Bottura (foto acima), considerado o melhor chef da Itália, "levou o caneco" para a cidade de Modena após o 3º lugar em 2014 e o vice-campeonato em 2015. Sem dúvida, o atual melhor restaurante do mundo fez uma bela escalada triunfal e deixou seu chef visivelmente emocionado por ser o 1º restaurante italiano a ser condecorado com o prêmio, que dedicou à sua família e a sua equipe (foto abaixo), deixando um recado de como chegar ao lugar mais alto do podium.


"A receita do sucesso passa pelo trabalho duro e os cozinheiros não são estrelas do rock. Um dos melhores ingredientes para o futuro é a cultura. A cultura traz conhecimento e abre a consciência."


Completando o podium, em 2º lugar ficou o restaurante espanhol El Celler de Can Roca, vencedor de 2015, e em 3º lugar o novaiorquino Eleven Madison Park.

Outros destaques são Noma (5º), melhor colocado da Dinamarca; Mirazur (6º), melhor colocado da França; Narisawa (8º), melhor colocado do Japão; The Ledbury (14º), melhor colocado do Reino Unido; Amber (20º), melhor colocado de Hong Kong; e Gaggan (23º), o melhor colocado da Tailândia.



Top 50


Confira a seguir a lista completa dos melhores restaurantes do mundo:

1º Osteria Francescana (Modena, Itália)

2º El celler de Can Roca (Girona, Espanha)

3º Eleven Madison Park (Nova York, EUA)

4º Central (Lima, Peru)

5º Noma (Copenhagen, Dinamarca)

6º Mirazur (Menton, França) 

7º Mugaritz (San Sebastian, Espanha)

8º Narisawa (Tóquio, Japão)

9º Steirereck (Viena, Áustria)

10º Asador Etxebarri (Atxondo, Espanha)

11º D.O.M. (São Paulo, Brasil)

12º Quintonil (Cidade do México, México)

13º Maido (Lima, Peru)

14º The Ledbury (Londres, Reino Unido)

15º Alinea (Chicago, EUA)

16º Azurmendi (Larrabetzu, Espanha)

17º Piazza Duomo (Alba, Itália)

18º White Rabbit  (Moscou, Rússia) 

19º Arpège (Paris, França)

20º Amber (Hong Kong, Hong Kong)

21º Arzak (San Sebastian, Espanha)

22º The Test Kitchen (Cape Town, África do Sul)

23º Gaggan (Bangkok, Tailândia)

24º Le Bernardin (Nova York, EUA)

25º Pujol (Cidade do México, México)

26º The Clove Club (Londres, Reino Unido)

27º Saison (San Francisco, EUA)

28º Geranium (Copenhagen, Dinamarca)

29º Tickets (Barcelona, Espanha)

30º Astrid Y Gastón (Lima, Peru) 

31º Nihonryori RyuGin (Tóquio, Japão)

32º Restaurant André (Cingapura)

33º Attica (Melbourne, Austrália)

34º Restaurant Tim Raue (Berlim, Alemanha)

35º Vendôme (Bergisch Gladbach, Alemanha)

36º Boragò (Santiago, Chile)

37º Nahm (Bangkok, Thailand)

38º De Librije (Zwolle, Netherlands)

39º Le Calandre (Rubano, Itália)

40º Relae (Copenhagen, Dinamarca)

41º Fäviken (Järpen, Suécia)

42º Ultraviolet by Paul Pairet (Xangai, China)

43º Biko (Cidade do México, México)

44º Estela (Nova York, EUA)

45º Dinner by Heston Blumenthal (Londres, Reino Unido)

46º Combal Zero (Rivoli, Itália)

47º Schloss Schauenstein (Fürstenau, Suíça)

48º Blue Hill at Stone Barns (Tarrytown, EUA)

49º Quique Dacosta (Denia, Espanha)

50º Septime (Paris, França)


Com informações da agência EFE e do site Quotidiano.net
Imagens: reprodução /divulgação

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...