Últimas

1 de junho de 2016

Coma o equivalente ao tamanho de sua mão


Você vive querendo emagrecer e para isso precisa começar a comer menos e corretamente, mas nunca consegue e ainda por cima não quer ficar seguindo as "dietas malucas" da sua companheira? Para tudo tem um jeito e o método a seguir fará você nunca mais "errar a mão" na hora de se servir. Bora colocar as mãos para trabalhar?

A "dieta" da nutricionista Sian Porter, publicada no jornal britânico Daily Mail, é muito prática, justa e democrática. Em vez de usar o tamanho do prato como referência para se servir (pergunte à sua mulher que ela te dará uma aula sobre como os tamanhos são sempre maiores na próxima vez que se aproximarem de um bufê ), você deve utilizar o tamanho das suas próprias mãos. Simples assim!

Segundo Porter, o tamanho das mãos é uma referência da quantidade de alimento que cada organismo precisa para se manter. Caras mais baixos tendem a ter mãos menores e por isso a comer menos, o mesmo equivale para os grandalhões. Com esse método, ninguém mais vai alegar "passar fome". Não têm mais desculpas!

Confira a seguir como utilizar suas mãos para medir a quantidade necessária em cada refeição de alguns alimentos essenciais para nos mantermos vivos, ativos e principalmente saudáveis:



Palma da Mão: usada para medir as proteínas. No exemplo, os filés de carne vermelha e salmão devem ser do tamanho da palma, enquanto que para peixes de carne branca a medida é mais generosa, podendo ser equivalente ao tamanho da mão inteira. 



Punho: usado para medir a quantidade de carboidratos como macarrão ou batatas (fritas, cozidas ou assadas) e legumes (crus, cozidos ou grelhados), sendo 1 punho para cara tipo (cenoura, tomate, berinjela, vagem, abobrinha, pimentões, por exemplo). 



Concha: formada com uma das mãos serve para medir a quantidade de castanhas (nozes, amêndoas, avelãs, pistache ou mix delas, por exemplo), enquanto que com as duas juntas servem para medir a quantidade de frutas pequenas (morangos, uvas, blueberries, framboesas ou mix delas, por exemplo) e hortaliças e verduras (espinafre, alface, rúcula e agrião, por exemplo).



Dedos: esta medida é a mais bacana e é para recomendação diária (e não por refeição), sendo 1 dedo (indicador) para uma tira da barra de chocolate (4 quadrados) e 2 dedos (indicador e médio) para sobremesas em fatias como bolos, pudins e flans. Já para queijos, que podem ser consumidos mais de uma vez ao dia se forem magros, utiliza-se os dois dedões. 

Não sei se repararam, mas ao utilizarmos as mãos é possível perceber que precisamos comer mais hortaliças, legumes, verduras e frutas e menos proteínas, carboidratos e doces. O pior é que a vida cotidiana nos "empurra" a fazer justamente o oposto. Fique esperto!


Com informações e imagens do Daily Mail


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...