Últimas

3 de março de 2016

Dicas para combater o excesso de suor e transpiração


O verão está entrando na sua reta final e muita gente já começa sentir a sua falta, mas não há como negar que do suor ninguém sentirá saudades até porque é um dos principais incômodos em dias quentes mesmo para aqueles que gostam muito do calor. Apesar de ser um processo natural e essencial para o bom funcionamento do organismo, se torna inconveniente quando em excesso e especialmente em momentos que sua camisa não deveria parecer saída da máquina de lavar. Mas a boa notícia é que tem como amenizar a transpiração excessiva com algumas mudanças de hábito, que você confere a seguir.


O que comer


A receita é a de sempre: beber muita água e comer frutas, legumes e cereais integrais, que auxiliam em funções metabólicas e reduzem o estresse corporal. Também é importante consumir alimentos ricos em magnésio - como espinafre, amêndoas, feijão e abacate -, que é fundamental no equilíbrio do sistema nervoso que controla a transpiração facial.

A ingestão de muita água é fundamental principalmente para quem tem transpiração excessiva porque a eliminação de água, ácido úrico e sais minerais, além de algumas toxinas, pelo suor se torna mais intensa.


O que não comer


Alguns alimentos contribuem para a produção excessiva de suor e devem ser evitados e até banidos. Pimentas, condimentados, café e bebidas e chás com cafeína em suas fórmulas devem ser evitados porque aumentam a liberação de adrenalina, o que pode fazer com que você transpire mais. 

Já o álcool pode aumentar a produção de suor por ser vasodilatador enquanto o açúcar refinado - presente em refrigerantes, sucos, pães e biscoitos industrializados, além de adicionado ao cafezinho e demais doces e bebidas -, também estimula a transpiração, sem falar que é muito prejudicial à pele e aos ossos.


Limpar, mas não enxugar


Um passo bastante importante na luta contra a transpiração é a limpeza facial. A pele fica exposta à poluição, poeira, suor e oleosidade e com o uso de gel de limpeza correto para o seu tipo, 2 vezes ao dia, os poros do rosto ficam livres para respirar com mais facilidade evitando o acúmulo de mais oleosidade. 

Contudo, o hábito de secar o suor do rosto ou do corpo com toalhas, tanto de tecido quanto de papel, muito comum nas academias, não é recomendado e deve ser evitado. Isso porque a produção de calor pelo corpo é proporcional à intensidade da atividade física realizada e a liberação do suor visa manter o seu equilíbrio térmico por meio da evaporação. Se você enxugar o suor a evaporação não ocorrerá e com isso seu corpo não resfriará adequadamente, te mantendo suando por mais tempo.


Pode ser doença


Se leu e seguiu essas dicas e não melhorou com o tempo, pode ser que você venha sofrer de hiperidrose, que é uma doença caracterizada pelo excesso de transpiração, geralmente nas mãos, pés e axilas, mas que pode também se manifestar na face e no couro cabeludo. 

Em alguns casos, está associada a momentos de ansiedade e estresse, mesmo em baixas temperaturas. Se notar um aumento de suor sem causa aparente, procure um especialista.


Com informações de Nivea /Beiersdorf.com
Imagem: reprodução

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...