Últimas

10 de novembro de 2015

Steel Patek Philippe 5016A, o relógio mais caro do mundo


Se já possuir um Patek Philippe é sinônimo de luxo, bom gosto e ostentação, por ser considerada uma das maiores e melhores marcas de relógios feitos à mão com garantia eterna, quiçá possuir um exemplar único, item de colecionador, que só pode ser adquirido em leilão. Isso foi possível no último sábado, 07 de novembro, em que o modelo exclusivo alçou o posto de relógio mais caro já vendido. O mais bacana de tudo é que foi por uma excelente causa.

O feito, considerado histórico pelos leiloeiros e grandes relojoeiros suíços, aconteceu durante o leilão de caridade da casa Only Watch em Genebra - que ocorre a cada 2 anos e visa financiar pesquisas sobre distrofia muscular -, que anunciou a venda do relógio de pulso "Steel Patek Philippe 5016A" por 7,3 milhões de francos suíços ou US$ 7.260.000, algo em torno de R$ 26,8 milhões no câmbio atual.

A estimativa era arrecadar entre 700 mil a 900 mil francos suíços, mas o martelo foi batido quando o licitante, que fez o lance por telefone e que se especula ser de algum lugar do Reino Unido, o arrematou pelo valor estratosférico, 10 vezes a estimativa mais baixa e quase o dobro do segundo maior preço já pago por um relógio de pulso.




Stell 5016A-010


Um dos grandes clássicos da Patek Philippe entre 1993 e 2011, Referência 5016, estilo Calatrava, une três dos itens mais altamente valorizados pelos fãs de relógios excepcionais: o turbilhão, o repetidor de minutos e calendário perpétuo com visor de fases da lua. 

Como refinamento adicional, o calendário perpétuo é dotado de data retrógrada, que volta para o primeiro dia do mês após ter atingido os dias 28, 29, 30 ou 31 sob a ação de um engenhoso mecanismo controlado por uma mola enrolada em espiral. Essa interação graciosa de funções sofisticadas é orquestrada por um movimento que compreende 506 partes, tudo meticulosamente acabado à mão com a dedicação e excelência pelo qual a Patek é mundialmente reconhecida. 



Já a Referência 5016A-010 foi criada especialmente para o Only Watch 2015 e é a primeira e única versão deste relógio a ser produzido em aço (a letra "A" na referência denota isso). O brilho deste metal, raramente visto em um Patek Philippe, complementa um mostrador azul esmaltado que perpetua a tradição de raros artesãos relojoeiros. A caixa de aço é complementada por pulseira em azul rico. 

Por fim, o relógio de pulso além de ser muito bonito e uma máquina altamente complexa, é um óbvio troféu para colecionadores e admiradores da marca. Não havia dúvida de que estaria no topo dos arrematados no leilão.

Isso prova que os relógios únicos e exclusivos da Patek Philippe são vistos como um sólido investimento pelos colecionadores. Não será surpresa se este modelo passar a próxima década ou até duas num cofre antes de voltar a ser leiloado e possivelmente bater novo recorde.




Com informações dos portais OnlyWatch.com e Bloomberg
Imagens: divulgação 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...