Últimas

12 de agosto de 2015

Você não está velho, pode estar mal-alimentado



Não adianta. Se você quer se parecer mais jovem e ter longevidade com saúde é preciso começar de dentro para fora e nada como a boa alimentação para te ajudar neste processo de longo prazo.

Agora, já parou para pensar que o envelhecimento pode estar ligado a algo maior e silencioso que ocorre dentro do seu corpo e que aquelas rugas que aparecem no seu rosto, além de sinal da maturidade, podem ser a ponta do iceberg?

Dentre outros fatores, o envelhecimento está diretamente ligado à má-alimentação e principalmente focado no consumo em excesso de 5 ingredientes que estão presentes em toda dieta não-recomendada que se preze. São eles: açúcar, sal, gordura, álcool e embutidos.


Sabor ou vício?


Sem os 3 primeiros não há sabor na alimentação da vida moderna. É por isto que produtos prontos, industrializados ou não, estão repletos deles: refrigerantes, sucos, massas, biscoitos, pães, salgadinhos, frituras, enlatados, condimentos, pó para preparos e congelados. Quando associados ao glutamato monossódico, podem causar vício e aquela compulsão de comer até a última unidade do pacote. 

Além de engordar e acabar com a boa forma, que é a maneira mais rápida de se identificar que a dieta não anda bem, ingerir muito açúcar, sal e gordura é muito prejudicial para o corpo e para a pele. Vamos a eles:

Açúcar - faz o pâncreas trabalhar dobrado para liberar insulina e retirar o seu excesso da circulação sanguínea, transformando-o em energia e armazenando em forma de gordura, caso não seja prontamente queimado como numa atividade física por exemplo, desencadeando processos inflamatórios que leva o organismo a envelhecer. Quanto a pele, as reações químicas do açúcar atacam diretamente o colágeno, que é a proteína que dá sustentação à pele (já falamos sobre o colágeno aqui), resultando num aspecto flácido e envelhecido. Sempre que puder, substitua doces por frutas que são ricas em frutose, o açúcar natural benéfico para o organismo.

Sal - não só o sal marinho e /ou sal light, aquele utilizado para cozinhar e para "acertar" o ponto na hora de comer, como também o sódio, presente na conservação da maioria dos produtos industrializados - aqui, também entram sopas, macarrão lamen, condimentos e caldos utilizados para realçar o sabor, que são ricos em sódio e glutamato monossódico -, que devem ser consumidos com moderação (5g ou 1 colher de chá de sal /sódio por dia) para manter o equilíbrio eletrolítico. O consumo excessivo, além de causar hipertensão e problemas cardiovasculares, pode acelerar o envelhecimento celular. Portanto, é preciso começar a ler rótulos e fazer contas para saber quanto de sal /sódio é ingerido diariamente e tentar ficar próximo do recomendado. 

Gordura - além de provocar inflamações que geram o envelhecimento, como anteriormente citado, em excesso e principalmente as saturadas contribuem para o aumento do colesterol ruim no organismo obrigando o coração a trabalhar mais para compensá-lo levando, com o tempo, a desenvolver problemas cardiovasculares. É sabido que órgãos que trabalham demais acabam ficando fracos e envelhecendo mais cedo. Outro problema de se manter uma dieta rica em gorduras é quanto à destruição dos neurônios. Reduza o quanto puder porque, na quantidade correta, a boa gordura auxilia no bom funcionamento do organismo.


Happy Hour


É o momento em que os dois últimos estão mais presentes. Aquela calabresa acebolada acompanhada de cerveja trincando de gelada parece algo irresistível. Mas, em demasia, pode te levar a ficar velho por dentro e por fora. Vejamos:

Álcool - em excesso, sobrecarrega o fígado para metabolizá-lo podendo intoxicá-lo (já falamos aqui como maus hábitos podem danificá-lo). Dentre outros, é justamente na pele o sinal mais visível de que ele não está conseguindo dar conta de tanta bebida ingerida. Duvida? Repare na pele de um alcoólatra, tanto do rosto quanto braços e mãos, e tire suas conclusões. Beba com moderação e em longos intervalos para que o fígado e o organismo possam dar conta do recado.

Embutidos e processados - por serem ricos em conservantes que não combinam com a boa saúde, podem igualmente causar problemas cardiovasculares e renais, além de hipertensão e processos inflamatórios que causam o envelhecimento do organismo e da pele, quando consumidos em demasia. Reduza o quanto puder este tipo de alimento e o substitua por produtos e alimentos naturais pobres em açúcar, sal e gordura. 

Mude seus hábitos que seu corpo e suas paqueras irão lhe agradecer.

Leia também:

O ganho de repor o colágeno a partir dos 30 anos

Fígado: elimine maus hábitos e viva melhor

Por que você vive cansado?

Foto: Reprodução

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...