Últimas

16 de julho de 2015

Champanhe se torna Patrimônio da Humanidade

Don Pérignon, o champanhe que leva o nome de um dos criadores do espumante
Fonte: Divulgação

Brindemos Champagne com champanhe. A votre santé!

A região que produz a bebida mais famosa da França e o vinho espumante mais famoso do mundo receberam uma honraria que há muito era esperada e, diga-se, muito bem-vinda: foram tombados pela Unesco, braço das Nações Unidas para a educação e cultura, como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade.

Com o feito, o champanhe se torna mais uma bebida a ser chancelada pela Unesco junto com a tequila, bebida nacional mexicana, que foi tombada em 2006. A importância histórica e econômica da sofisticada e igualmente desejada bebida justificou o tombamento. E quem discorda? 


Fonte: Divulgação

Além da região de Champagne, com seus vinhedos e vinícolas, a região de Burgundy, igualmente produtora de vinhos, também recebeu a honraria e pode contar com o apoio financeiro da ONU, para projetos de preservação e principalmente para o turismo. 

Localização de Champagne no mapa da França
Fonte: Reprodução


Dom Pérignon 


O champanhe é produzido na região administrativa de Champagne-Ardenne, cuja capital é Épernay. No século XVII, foi próximo à capital, no povoado de Hautvillers - que também recebeu menção especial da Unesco -, que os monges Dom Pérignon e Dom Ruinart se esforçaram muito para domar os vinhos que fermentavam novamente nas garrafas, fazendo-as explodir. Nascia ali o champanhe.

Esta antiga província histórica produz igualmente os vinhos chamados "tranquilos" (não-espumantes) que levam denominações diferentes como tintos, brancos ou rosados e são produzidos nas cidades de Bouzy, Virtudes, Damery.


Fonte: Divulgação

No entanto, a região de Champagne produz, em grande maioria, vinhos espumantes (brancos ou rosados) chamados simplesmente de "champanhe", sem mais especificações. Eles são produzidos obrigatoriamente à base apenas das uvas chardonnay, pinot noir e pinot meunier. 


Fonte: Divulgação

Por isto, o "champanhe" é de denominação controlada, o que significa que apenas espumantes produzidos nesta região francesa podem receber este nome, sendo os demais denominados apenas "espumantes". 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...