Últimas

17 de abril de 2015

Sem polo, Ralph Lauren inaugura 1ª loja no Brasil

Fonte: Reprodução

Demorou, mas voltou. A grife aportou em Terra Brasilis - um pouco tarde, bem depois das concorrentes e em meio à crise econômica - e inaugurou na última segunda, 13 de abril, sua primeira loja pela segunda vez. 

Com 850 m² de área construídos em espaço nobre do Shopping Cidade Jardim, em São Paulo,  um dos principais templos de consumo de luxo do país, foi inaugurada por David Lauren, filho de Ralph Lauren e vice-presidente de marketing da grife, num coquetel que contou com a presença de convidados e celebridades.

Dona dos famosos perfumes Polo Play e da icônica camisa polo, trará para a loja paulistana a totalidade da marca americana, nas palavras do próprio fundador, acreditando ser este o diferencial para enfrentar a concorrência no mercado de luxo brasileiro.


Fachada da loja no Shopping Cidade Jardim, em São Paulo. Fonte: Divulgação

Segundo a revista Veja, esta é a primeira loja da marca no Brasil desde 2001, ano em que o estilista decidiu encerrar suas operações no país. Desta vez, a marca direcionará seus esforços para o público adulto de alta renda, vendendo coleções de passarela, masculinas e femininas, acessórios e todos os itens com o selo "RL" que vestem os endinheirados de Nova York.


Polo Barrada


Ícone de desejo de 10 entre 10 homens brasileiros, a camisa que ostenta a imagem de um jogador de polo montado num cavalo no escudo esquerdo e que é líder de vendas nas lojas de departamentos de Miami e nos outlets de Nova York, principais centros de compras dos brasileiros nos Estados Unidos, não será vendida na loja de São Paulo. Para muitos brasileiros, que vibraram com a volta da grife para o país, esta não foi uma notícia para se comemorar.


Interior da loja Ralph Lauren do Shopping Cidade Jardim, em São Paulo. Fonte: Divulgação

Estratégia errada? Para o fundador, é justamente o contrário. O objetivo é "apagar" da mente dos clientes brasileiros, principalmente dos homens que fazem parte das principais estratégias de crescimento da marca, que a grife se resume à sua popular camisa polo.

De acordo com a entrevista publicada pela Folha de S. Paulo, Ralph Lauren reconhece a popularidade da camisa, mas quer conquistar novos tipos de clientes. "Sei do fascínio pela camisa polo, que é muito popular, mas ouvimos bastante dos clientes brasileiros que frequentam nossas lojas nos EUA para entender seus gostos. (...) Descobri que uma marca de luxo precisa oferecer um combo "lifestyle'. Nosso trabalho, hoje, é procurar novos tipos de clientes (...), mais receptivo à novidade, itens que sejam atemporais. Nisso, somos fortes", concluiu.

Portanto, não mudou em nada a situação para os fãs das camisas polo Ralph Lauren, que terão que continuar a procurá-la em importadoras ou nas lojas dos grandes centros americanos se quiser continuar comprando-a.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...